Clique AQUI para voltar à viagem mais recente

NOVIDADES DA VIAGEM DE JULHO 2010

Novamente fizemos um percurso por todos os pontos comerciais na fronteira do Paraguai, do norte ao sul, mas desta vez com muito frio (e as vezes muita chuva). Estivemos em Salto del Guaira, Pedro Juan Caballero, Asuncion, Encarnacion e Ciudad del este. Ha varias (e boas) novidades para contar, sobre shoppings, produtos e turismo.

Salto del Guaira

Lamentavelmente, a chuva não permitiu um percorrido mais cuidadoso da cidade, mas posso dizer que mesmo com o tempo fechado, a quantidade de turistas e compradores era muito grande, já que as ferias de inverno no Brasil e Argentina estava começando no mês de Julho. O futuro shopping Queen Anne ainda está em construção, alguns dizem que ficará pronto no final do ano. Também estão construindo o futuro shopping MERCOSUL, localizado atrás do atual Shopping Salto del Guairá. Dizem que este será o maior shopping do Paraguai, incluindo a capital.

Pedro Juan Caballero

A visita a Pedro Juan foi marcada também pelo frio e a chuva, com o agravante de que, esta vez, todos os hotéis, tanto de Pedro Juan quanto Ponta Porã estavam lotados até o teto (algo que nunca tinha acontecido). Até o luxuoso Hotel Casino Amambay (mapa) tinha todas as suítes esgotadas. Por pura sorte conseguimos um lugar no aconchegante hotel Eiruzú, que fica no lado paraguaio da cidade. Vai a dica: no próximo mês de Julho faça antes sua reserva de hotéis para estas cidades.

Não ha grandes novidades em Pedro Juan, nem novas construções em andamento, porem muitas lojas conhecidas agora estão operando em novas instalações, como é o caso da loja Studio Center, que acabou de construir um novo edifício do lado da anterior.

A cidade também estava muito tranqüila com respeito aos fatos que aconteceram algumas semanas antes, quando um atentado contra o Senador Azevedo em plena rua de Pedro Juan levou a um ostensivo operativo militar e de controle.

Asunción

Na capital do Paraguai notei que estão se abrindo novas galerias no centro, perto da conhecida Galeria Estrella, mas ainda estão sem ocupação. A Galeria Central, assim como o Asuncion Super Centro, continuam aglutinando as melhores lojas de informática, eletrônicos e celulares da capital. Também está para ser inaugurado um gigantesco e luxuoso shopping Center novo, chamado 'Mariano Roque Alonso' (o nome pertence a um dos responsáveis pela independência do Paraguai em 1811). Este shopping fica num lugar estratégico, perto do 'Puente Remanso' que atravessa o rio Paraguai, e une a região Oriental (onde está a capital) com a região ocidental (conhecido como 'Chaco Paraguaio'), e com estrada direta até a Bolívia. (A palavra 'remanso' significa um lugar de águas calmas).

Alias uma das novidades que encontrei nesta viagem, é a proliferação de produtos bolivianos de boa qualidade, que estão começando a entrar no Paraguai, justamente usando esta via de transporte que corta o Chaco. Entre estes produtos estão as conhecidas mantas, cobertores, orelheiras e outros artigos para o frio, feitos com lã de animais da região dos Andes, como a Lhama e a Vicunha. São produtos muito bons, pois os pelos destes bichos são finos e agasalham como ninguém. Como não podia deixar de ser naqueles dias de frio, estas lojas bolivianas estavam lotadas de gente, e é muito provável que logo se instalem em Ciudad del Este e outros pontos da fronteira, visto a grande procura dos seus produtos (algumas destas lojas vi também no sul, em Encarnación).

Também estas lojas vendem produtos específicos do consumo alimentar e cultural da região dos Andes, tais como chás, essências e condimentos, todos com uma apresentação profissional de alta qualidade. La também é possível achar o chá de Coca para exportação, promovida pelo governo de Evo Morales, e que vem em embalagens muito bem elaboradas, nos mesmos niveis de qualidade dos chas de erva encontrados no Brasil. Estes chás podem ser comercializados livremente na Bolívia e no Paraguai, mas estão proibidos de serem introduzidos no Brasil, sob risco de ser enquadrado por crime de entorpecentes. Este é um assunto muito serio, por isto recomendo que nunca pensem em trazer estes produtos ao Brasil quando achem eles no Paraguai (veja este link sobre o assunto).

As lojas bolivianas ficam na região conhecida como 'galerias Pettirossi' (mapa), um lugar bastante parecido as calçadas e galerias que ha no centro de Ciudad del Este.

Quanto aos produtos eletrônicos, sempre observei que em Asunción os preços estavam entre 5 a 10% mais caros que Ciudad del Este, porem nos últimos meses os preços são quase os mesmos de lá, especialmente notebooks, netbooks e celulares.

Encarnación

Nesta cidade tive a grata surpresa de descobrir que o 'Nuevo Circuito Comercial' (mapa) está se convertendo rapidamente num sucesso, já que até seis meses atrás ele era apenas um amontoado de ruas enlamaçadas e fundações de concreto a meio acabar, enquanto as lojas da antiga 'Zona Baja' viviam sob a água, como a Venecia italiana, com sacos de areia e tabuas atravessando as ruas e calçadas.

Agora tudo mudou, as lojas da antiga 'Zona baja' foram para o novo circuito comercial, perto da cabeceira da ponte chamada 'Beato Roque Gonzales de Santa Cruz' que une Encarnación-PY com Posadas-ARG. Este nome é de um sacerdote jesuíta das antigas reduções, que foi martirizado e morto pelos indígenas.

As construções a meio acabar e as ruas enlamaçadas deste novo circuito foram concluídas, e o aspecto é de uma Ciudad del Este em miniatura, com enormes cartazes e banners nas ruas, lojas muito bem apresentadas de eletrônicos, perfumes e importados em geral. Alem disto, ha grandes edifícios de concreto sendo construídos (o que lembra muito a Salto del Guairá), para conter a nova onda de shoppings que irão se instalar no lugar. (veja o video)



Quanto á antiga 'zona baja', ela foi totalmente demolida e aterrada. O que foi um símbolo do comercio da cidade por muitas décadas, hoje é um grande aterro de terra roxa, que deve conter as altas do Rio Paraná, causadas pela hidroelétrica Yacyretá (a mesma que construiu e deu de presente aos lojistas o novo circuito comercial).

Ciudad del Este

Nossa velha conhecida Ciudad del Este também tem algumas novidades. O que mais chamou a atenção é a quantidade crescente de bons lugares para comer que estão aparecendo na cidade. Não somente quase todos os shopping centers tem um bom lugar para almoçar por quilo ou a la carte, mas vários locais de boa qualidade tem aparecido na cidade como o Autorama (mapa), assim como os 'fast foods' que sempre fizeram sentir sua falta no centro. Hoje não só tem o McDonalds do Shopping Vendôme (mapa), senão que devido ao sucesso, o Burguer King também abiu uma grande loja no centro (mapa), e eles ficam abertos até as 20:00 hs.

Só para citar bons restaurantes em shoppings, lembremos os velhos conhecidos do Shopping Vendôme e do Shopping Americana (por quilo), agora também tem do Shopping del Este (quilo, churrascaria espeto corrido e a la carte), o da loja Sax no King Fong (a la carte), Monalisa (a la carte), Bonita Kim (quilo), Barcelona (quilo), assim como os menos luxuoso do Shopping Internacional, Galeria Jebai, Galeria Zuni e outros.

Quanto a novos shoppings, do lado do Bonita Kim estão construindo alguma coisa, é provável que seja do mesmo grupo, assim como no antigo local do Banco Union, que está sendo demolido para dar lugar a outro prédio.

Em termos de produtos, chama a atenção que o preço dos netbooks e notebooks tenham subido em relação ao ano anterior. Por ex. um netbook Asus Aspire One com 1 Gb ram e 160 Gb de HD custava 280-300 dolares em 2009, mas hoje vc. acha o mesmo aparelho na faixa de 320-350 dolares. Não consegui achar o Iphone4 em nenhuma loja, provavelmente as operadoras devem estar habilitadas para funcionar com ele, e isto pode estar brecando sua vinda ao Paraguai.

De interesse também são os GPS usados como 'trackers' (rastreadores) para uso pessoal e para carros. Os de uso pessoal têm o tamanho de uma barra pequena de chocolate e podem ser amarrada até na coleira do cachorro. Vc. tem que colocar um chip de celular dentro dele, e quando liga para aquele numero, ele devolve a latitude e longitude exatas do portador. Também é usado com idosos que podem se perder, ou até dentro do carro para saber onde está. O preço é entre U$ 120 a 130, o mesmo preço dos trackers para carros, que são um pouco maiores. Estes aparelhos podem ser encontrados na loja Via Gps da Galeria Lai Lai.

Um produto que está em todos os lugares são as mantas, cobertores e edredons. Eles cobrem todas as calçadas, lojas, ruelas, vielas e estacionamentos. Vc. vê gente carregando edredons nos taxis, ônibus, vans, alfândegas, rodoviárias e aeroportos, como formigas saúvas a transportar seu pedacinho de folha para sobreviver. Acredito que isto se deve à instalação de algumas fabricas de edredons em Ciudad del Este de origem brasileira, e das quais ouvi dizer que estão tendo um êxito extraordinário para exportar ao Brasil (por via legal), tendo multiplicado sua produção por 10 em apenas um ano.

Também impressiona a quantidade de argentinos que agora visitam a Ciudad del Este. Ao andar pelas ruas do centro, nos shoppings e restaurantes, parecia que estávamos em Buenos Aires, com o sotaque típico dos 'porteños' invadindo os cantos. Para chegar da Argentina eles tem três caminhos, nenhum deles muito fácil. O primeiro é chegar de avião até Puerto Iguazu (Arg), de ali passar pelas alfândegas de Puerto Iguazu - Foz do Iguaçu (duas alfândegas) na ponte Tancredo Neves, e logo passar pela Ponte da Amizade (mais duas alfândegas, desta vez Brasil e Paraguai). O outro caminho é de Puerto Iguazu pegar uma balsa que atravessa o Rio Paraná até a cidade de Puerto Presidente Franco, uns 15 Km. de Ciudad del Este, e logo de ônibus até la, e o terceiro caminho é ir de Buenos Aires até a cidade de Clorinda, frente a capital Asuncion, e dali de ônibus até Ciudad del Este. Multiplique isto por ida-e-volte para ter noção do esforço.

Outro aspecto interessante da cidade são os belos murais que ornamentam as ruas e passarelas na cidade, obra da atual prefeita Sandra McLeod, que está deixando o cargo para se candidatar novamente á prefeitura. (foto)



Por enquanto é só, será até próxima viagem

Mig - webmaster de www.comprasnoparaguai.com


©MEUCAT 2001-2011 - Os direitos humanos deste site estão registrados no 7 Cartorio de Curitiba Contato
Sobre Nós Política de privacidade - WEB Desing by MEUCAT Enterprises Inc. Corp. - BRAZIL - TWITTER