O que procura?



Venda de armas no Paraguai

Publicado em 18/06/2018






COMPRA E VENDA DE ARMAS NO PARAGUAI

Recebemos muitas consultas de estrangeiros (principalmente brasileiros) sobre a compra de armas de fogo no Paraguai, porém sabemos que no Brasil ha grandes restrições à compra de armas de qualquer origem, especialmente depois da publicação do "Estatuto do Desarmamento" de 2002 pelo presidente Lula.

Sem entrar em considerações (por enquanto) sobre a eficácia desta lei, é bom saber que não todos os países do Mercosul tem as mesmas restrições sobre compra e porte de armas. Também devemos aclarar que nosso site não é exclusivo para brasileiros, mas se estende a todos os países limítrofes do Paraguai cujos habitantes vão até la fazer compras. Estes países incluem além de outros, o Brasil, Argentina, Uruguai e Bolívia, e ainda mais, toda a população do Paraguai.

Desta forma, fica difícil estabelecer um critério para divulgar informações que se enquadrem num país, mas sem penalizar os compradores de outros países. Isto se aplica não apenas às armas, mas também a medicamentos, suplementos alimentares ou brinquedos que tem diferentes restrições de venda e uso em diferentes países. Podemos afirmar que no nosso site evitamos divulgar informações que possam causar quebra de normas em qualquer lugar, e é assim que abordaremos este assunto.

AS LOJAS DO PARAGUAI VENDEM ARMAS ??

Sim, as lojas do Paraguai vendem armas de muitos tipos e calibres, visto que lá é possivel comprar legalmente uma arma apenas tendo uma certidão de boa conduta e documento que comprove a residência no país. Armas NÃO podem ser vendidas a estrangeiros ou turistas. Este link do jornal ABC do Paraguai explica bem o assunto.

Outro país onde os cidadãos podem comprar armas com relativa facilidade é o Uruguai. Lá também exigem documento e certidão negativa igual que o Paraguai, mas na Argentina (ver link) e na Bolívia é um pouco mais difícil e demorado, pois o exercito deve autorizar a venda.

Recentemente (20 maio 2018) a Policia Federal do Brasil solicitou aos Estados Unidos que suspenda a venda de armas ao Paraguai, visto que a maior parte delas era transferida pela fronteira aos grupos criminosos PCC ou Comando Vermelho pela via do contrabando. Os Estados Unidos e o Paraguai concordaram em segurar a importação de armas até que no país fosse feito um completo recadastramento e um novo sistema de registro de entrada de armas. Muitas lojas foram fechadas temporariamente e os donos sofreram uma devassa. A situação vai demorar alguns meses para normalizar novamente, como podem acompanhar neste link.

É POSSÍVEL IMPORTAR ARMAS NO BRASIL? COMO COMPRAR?

Por incrível que pareça, sim é possivel importar uma arma do exterior, mas as restrições são tantas, que muito pouca gente o faz. Primeiro o exercito tem que autorizar a importação, logo a policia civil deve autorizar o registro, e ainda a Policia Federal tem que autorizar a posse, como pode ver neste link. Informações adicionais importantes também são comentadas neste post do fórum Defesa.Org.



A Receita Federal na Ponte da Amizade explica no vídeo como importar não apenas armas de fogo mas também armas do tipo air-soft e armas de simulação. Todas elas tem restrições bastante fortes, e as autoridades fazem continuamente operações para confiscar ou desmontar quadrilhas e lojas que vendem armas no Brasil, como mostra este link

QUAIS LOJAS VENDEM ARMAS NO PARAGUAI?

A loja mais importante e tradicional fica no centro de Asunción, é a Hunter Paraguay S.A., pertence a um grande grupo comercial que também faz importação dos carros BMW e outros bens no país. Esta loja tem equipamentos para camping e caça de boa qualidade.





Em diferentes pontos da fronteira tem varias lojas de armas, e é nestes pontos onde mais controle as autoridades tentam exercer para evitar vendas ilegais. Como exemplos, em Ciudad del Este tem a Casa el Pato, em Pedro Juan Caballero tem a Casa Peralta, em Salto del Guaira a Casa Rossi, e em Encarnacion Casa Serpyl.

Visto que no Paraguai a venda é legalmente permitida, muitas lojas fazem propaganda nas páginas internet ou pelas redes sociais, como mostra estes exemplos da Casa Serpyl de Encarnacion



ou da loja Hunter em Asuncion



PROIBIR VENDA DE ARMAS RESOLVE ??

Aqui é que o bicho vai pegar, pois o assunto é muito polêmico. Eu gosto de dizer que quem mata não é a arma, mas a pessoa. Qualquer objeto pode ser uma arma. Uma faca de cortar pão é uma arma, uma parafusadeira é uma arma, assim como uma serra elétrica (muito usada em filmes de terror). Até um jornal é uma arma. Isto mesmo, na época pré-internet, quando os jornais ainda eram volumosos, os agentes da CIA em EEUU ou da KGB na União Soviética aprendiam a enrolar um jornal bem apertado para formar um bastão rígido, com o qual se podia matar uma pessoa de um golpe no cangote.

Muita gente diz que os EEUU deveriam proibir as armas. Mas o que aconteceria então? Lá a violência permeia o país por muitos motivos, igual que no Brasil, e é bem possivel que as pessoas passem a usar outros tipos de "armas" se não puderem comprar armas de fogo tradicionais. Por exemplo, um caminhão desgovernado sobre a multidão, que está ao alcance de qualquer um, e que ja foi usado com poder devastador em países como a França ou Alemanha (e também nos próprios EEUU).

Um argumento ainda mais contundente são as estatísticas. Se proibir resolvesse, o Brasil não teria o índice mais alto de mortes por armas de fogo do continente, enquanto que no Uruguai e no Paraguai, onde é muito mais fácil comprar armas, estes índices estão bem abaixo do Brasil, como mostra este link Paraguai mais armas menos crimes.

A prestigiosa revista científica americana "Science News" num estudo recente (28 agosto 2018) mostra que os países onde mais mortes ocorrem por armas de fogo são os EEUU e o Brasil. Num país as armas são livres, no outro, são proibidas. A conclusão que podemos tirar dali é que deve haver algum outro fator que influi no número de mortes, e não é necessariamente a proibição.

Para completar este cenário preocupante, a tecnologia está levando a fabricação de armas a um nível tal de sofisticação, que muito em breve as leis sobre compra de armas ficarão obsoletas. Hoje já é possivel fabricar na sua casa una pistola ou um fuzil semiautomático em impressoras 3D, com instruções disponíveis em arquivos de internet, como mostra este link. Ainda mais preocupante é que o presidente Trump liberará a partir de 1 de agosto 2018 a distribuição gratuita destes arquivos de instruções para qualquer um nos EEUU.

O que se pode fazer para resolver o problema? Este é um daqueles problemas "sem solução" igual que o trafico de drogas, prostituição e outros "crimes" que acompanham a humanidade desde o inicio dos tempos. A violência forma parte do reino animal, e por extensão, do ser humano. Pessoas brigam o tempo todo com o conjugue, os vizinhos e os amigos (sem contar roubos, assaltos, violência sexual e outros crimes). Países brigam o tempo todo por territórios, matéria prima ou vantagens comerciais, gangues, tribos e facções brigam por crenças religiosas, times de futebol e até por orientações sexuais. É duro dizer, mas é melhor dizer assim que ficar escondendo a cabeça que nem avestruzes.

A única saída é diminuir a violência na sociedade, ja que as armas apenas são a parte visível da violência, e proibi-las não adianta nada. Todos sabemos que a educação é um dos fatores fundamentais, mas não a educação da escola, senão aquela que é iniciada dentro da família. Lamentavelmente, nos países do terceiro mundo as famílias quase no existem, e a educação fica praticamente relegada às ruas, e o resultado é o que vemos todos os dias nos jornais.

Compras no Paraguai

RETORNA AO INDICE



©MEUCAT 2001-2018 - Os direitos humanos deste site estão registrados no 7 Cartorio de Curitiba Contato
Sobre Nós Política de privacidade - WEB Desing by MEUCAT Enterprises Inc. Corp. - BRAZIL - TWITTER